PROFESSORES

NEWTON CANNITO (COORDENADOR)

Newton Cannito é diretor de cinema e autor-roteirista de televisão. Doutor em Cinema e TV pela Escola de Comunicação e Artes da USP. Como autor de televisão já ganhou vários prêmios importante como o APCA de melhor Teledramaturgia (pela serie “9mm”, Fox e Netflix), o premio ABRA (pela serie Unidade Básica) , e o Emmy de telenovela (por Joia Rara).

O longa “Magal e os Formigas” que escreveu e dirigiu, reconta de forma fabulosa a história de sua família. Em televisão criou e é roteirista da série “Unidade Básica”, exibida na Universal Channel - cuja 2 temporada estreara em 2020 e a terceira em 2021.

Criou e escreveu a série musical “Z4” para o SBT/DISNEY.  Foi roteirista da série “Cidade dos Homens” e dos longa metragens “Quanto vale ou é por quilo?” (Sergio Bianchi), “Bróder” (Jeferson De) e “Reza a Lenda” (Homero Olivetto). Escreveu recentemente duas novas cinebiografia: a de Silvio Santos e de Sao Jose de Anchieta.  Foi criador e roteirista chefe do seriado “9mm: São Paulo” (Fox), vencedor do APCA de melhor programa de Teledramaturgia da TV Brasileira. Foi roteirista da telenovela “Poder Paralelo” (de Lauro Cesar Muniz) e de “Joia Rara” (de Thelma Guedes), vencedora do Emmy Internacional na categoria. Foi supervisor artístico do Edital FICTV que resultou em varias series de sucesso, como 3%( Netflix),  “Natalia”(Universal), “Vida de Estagiário”(Warner)  e “Brilhante FC” (TV Brasil).

É autor também de vários livros entre eles as obras de humor “Novos Monstros” (Geração Editorial), “Deus é Humor” (NVersos), "Manual do Bullying e outras sátiras de humor pós-ativista" (NVersos) e “Confissões de Acompanhantes” (Sá Editorial).

Escreveu também os “Manual de Roteiro” (Conrad Editora), “A televisão na Era Digital” (Summus Editora) e "Choque do Tropicalismo" (NVersos). 

marcos takeda.jpg

MARCOS TAKEDA

Marcos Takeda é roteirista e pesquisador pela produtora FICs.

 

Para a televisão, fez os roteiros da primeira e segunda temporada (produção) da série “Unidade Básica” (Gullane) e está desenvolvendo a terceira temporada. Série vencedora do prêmio ABRA de melhor roteiro de série de 30’. Foi roteirista da primeira temporada da série “Z4” (SBT/Disney Channel) que atingiu média de 10 pontos de audiência e da animação “Corta!” (2Dlab - estreia prevista para 2019) para o Universal Channel.

 

Para cinema, escreveu o roteiro do longa “Magal e os Formigas” (Globo Filmes / Moonshot) de Newton Cannito e “E.A.S – Esquadrão Anti-sequestro” (Popcon Filmes – em finalização) de Marcus Dartagnan . Atualmente está desenvolvendo diversos projetos no núcleo criativo da “Pepper Filmes”.

 

Tem vários artigos sobre roteiro e televisão publicados em revistas como Filme & Cultura, Cadernos de Televisão (IETV) e Revista de Cinema. Ministrou diversas oficinas e seminários sobre roteiro. Atua como professor para os cursos de roteiro da FICs.

Leo_Barros-PB.jpg

LEONARDO MONTEIRO DE BARROS

Leonardo M. Barros: Produtor de cinema e TV, sócio da produtora Conspiração Filmes. Seus créditos como produtor abrangem séries de TV consagradas como Mandrake (duas vezes indicada ao Emmy®️ Internacional) e cerca de 20 longas-metragens como 2 Filhos de Francisco (Dir. Breno Silveira), Eu Tu Eles (Andrucha Waddington, menção especial do júri do Festival de Cannes), ambos submissões oficiais do Brasil ao Oscar®️ de Melhor Filme Estrangeiro; O Homem do Ano (José Henrique Fonseca, seleção oficial dos festivais de Berlim e Toronto); e o longa-metragem Rio, I Love You (Paolo Sorrentino, Nadine Labaki, Fernando Meirelles, José Padilha e outros) da franquia internacional Cities of Love. É Mestre em Administração de Empresas pelo IBMEC/RJ e membro fundador da Academia Brasileira de Cinema.

Nichollas PB.jpg

NICHOLLAS DE MIRANDA ALEM

Nichollas de Miranda Alem é advogado especialista em Direito do Entretenimento e Direitos Autorais. Sócio do Borges Sales & Alem Sociedade de Advogados, escritório focado na área da cultura, inovação tecnológica e terceiro setor. Associado Fundador e Presidente do Instituto de Direito Economia Criativa e Artes, centro de pesquisa independente e sem fins lucrativos que busca debater os desafios jurídicos da nova economia. Consultor da UNESCO em políticas culturais.  Bacharel e mestre em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo, com a dissertação "O Direito Econômico da Cultura: uma análise dos gastos públicos indiretos com cultura". Ministrou aulas em cursos da graduação e pós-graduação na Universidade de São Paulo, Universidade Presbiteriana Mackenzie, dentre outras instituições. Foi monitor do Curso de Direito Digital da Fundação Getúlio Vargas. 

Cao Quintas PB.jpg

CAO QUINTAS

Cao Quintas é produtor e CEO da Latina Estúdio, tendo realizado filmes em coprodução com diversos países da América Latina e Europa, exibidos em diversos festivais brasileiros e estrangeiros. Seus créditos como produtor incluem filmes recentes como Laços, Turma da Mônica e Adoniran, Meu Nome é João Rubinato. 
Quintas é formado em Marketing pela ESPM, tendo feito pós-graduação em Produção Audiovisual no EAVE (European Audiovisual Entrepreneurs), diplomado em Estrasburgo, França, em 2015. Participou ainda do Programa de Treinamento em Entertainment, Business and Legal Affairs em 2017 na University of Miami, Estados Unidos. Atualmente cursa o Mestrado em Comunicação e Inovação Tecnológica na ESPM, sendo ainda professor do curso de Cinema e Audiovisual na mesma instituição.

thelma guedes PB.jpg

THELMA GUEDES

 Thelma Guedes é contista, poeta, dramaturga e roteirista. Autora dos livros “Cidadela Ardente” (contos, Ateliê, 1997); “Pagu: literatura e revolução (ensaios, Ateliê / Nankin, 2003); “Atrás do Osso” (poesia, Nankin, 2007) e “O Outro Escritor” (contos, Nankin, 2009). Autora da Rede Globo de Televisão desde 1997, assinou, em parceria com Duca Rachid, as novelas “O Profeta” (2006-7); “Cama de Gato” (2009-10); “Cordel Encantado” (2011), “Joia Rara (vencedora do Emmy International Awards em 2014) e “Órfãos da Terra” (vencedora do Rose D’Or Awards em 2019). Autora do texto do musical “Garota de Ipanema, o Amor é Bossa” (2016, dir. Gustavo Gasparani) e das peças teatrais “Mulheres de Shakespeare” (2019, dir. Luke Dixon) e “Van Gogh por Gauguin” (2019, dir. Roberto Lage). Em 2020, escreveu o roteiro do filme “Farândola”, ainda em pré-produção, que será dirigido por Maria de Medeiros.

vanessa remonti pb.jpg

VANESSA REMONTI

Vanessa Remonti é autora e roteirista na equipe de criação de Novos Formatos da Globo. Roteirista, diretora e produtora criativa desde 2000. É especializada em Animação e Novos Formatos e Linguagens.Coordenou o conteúdo de curtas, médias, séries e longas de animação e ficção, entre eles, as séries: "SOS Fada Manu" (Gloob e TV Brasil e Indicada ao Emmy Internacional Kids), "Papaya Bull" (Nickelodeon e NBC Universal), "Oswaldo" (Cartoon Network , Tv Cultura e Netflix), as cenas adicionais do longa "O menino e o Mundo" (Indicado ao Oscar 2016) e os projetos de séries e longas do Núcleo Criativo/FSA da Boutique Filmes e Coala Filmes. Produziu e animou a publicidade "From love to Bingo" (Almap-BBDO) que viralizou e venceu 2 Leões em Cannes/2013. Atuou como docente na Comunicação (Produção para TV e Teoria da Comunicação - ULBRACCR), de Produção para Animação (FILE - Electronic Language International Festival e RR Animation). Diretora e roteirista dos curtas-metragens de animação: "Sigmund" (premiado como Melhor Técnica de Animação/2009) e o inédito "Recic-LAR" contemplado MINC/SAv. Formatou e foi roteirista-chefe do Programa da Maisa, no SBT e FOX até 2019. Foi roteirista e formatadora do reality "Me Poupe" (BAND e canal no youtube Me Poupe) na Endemol Shine Group.

ESTELA RENNER

Estela Renner, roteirista e diretora, cria e escreve séries ficcionais há oito anos. É fundadora, junto com Marcos Nisti da Maria Farinha Filmes, produtora de cinema que desde 2008 cria conteúdo cinematográfico com o objetivo de gerar mudanças positivas. Seus mais de 50 títulos trazem um conjunto de valores voltados para a proteção das crianças e do meio ambiente, impulsionando a inclusão, reduzindo as desigualdades sociais, criando inovação, colaboração, criatividade, empatia e uma cultura de paz. O filme “Muito Além do Peso” (2012) mudou a indústria de refrigerantes, levando a um movimento que culminou em um acordo para retirar as bebidas açucaradas das escolas brasileiras e também inspirou a Coca-Cola a repensar sua política internacional em relação à publicidade infantil. "O Começo da Vida ”(2016) foi a principal ferramenta da campanha global da primeira infância do UNICEF e mudou a política de licença-maternidade e paternidade em várias empresas. A série ficcional "Aruanas" (2019) alcançou uma média de 33 milhões de pessoas por episódio só no Brasil, aproximou a Amazônia e o ativismo do entretenimento e deu um reconhecimento global à defesa do meio ambiente, sendo destaque na mídia internacional: The Guardian, BBC, The Washington Post, Variety, entre outros.

Foto_Marcos.png

MARCOS NISTI

Marcos Nisti, roteirista e produtor, cria e escreve séries ficcionais há oito anos. É fundador, junto com Estela Renner, da Maria Farinha Filmes, produtora de cinema que desde 2008 cria conteúdo cinematográfico com o objetivo de gerar mudanças positivas. Seus mais de 50 títulos trazem um conjunto de valores voltados para a proteção das crianças e do meio ambiente, impulsionando a inclusão, reduzindo as desigualdades sociais, criando inovação, colaboração, criatividade, empatia e uma cultura de paz. O filme “Muito Além do Peso” (2012) mudou a indústria de refrigerantes, levando a um movimento que culminou em um acordo para retirar as bebidas açucaradas das escolas brasileiras e também inspirou a Coca-Cola a repensar sua política internacional em relação à publicidade infantil. "O Começo da Vida ”(2016) foi a principal ferramenta da campanha global da primeira infância do UNICEF e mudou a política de licença-maternidade e paternidade em várias empresas. A série ficcional "Aruanas" (2019) alcançou uma média de 33 milhões de pessoas por episódio só no Brasil, aproximou a Amazônia e o ativismo do entretenimento e deu um reconhecimento global à defesa do meio ambiente, sendo destaque na mídia internacional: The Guardian, BBC, The Washington Post, Variety, entre outros.

BRUNO SCARTOZZONI

Bruno Scartozzoni é pioneiro do storytelling corporativo no Brasil e co-fundador da StoryTalks, consultoria de narrativa e expressão. Graduado em administração pública e pós-graduado em administração de empresas, em ambos os casos pela EAESP-FGV, Bruno tem mais de 15 anos de experiência em comunicação e criação de histórias, atendendo multinacionais, startups, governos e candidatos.

Na área acadêmica já deu aulas e palestras na USP, FGV, ESPM, Universidade de Coimbra e Harvard Business Review. Traduziu e comentou o livro Storytelling: Aprenda a Contar Histórias com Steve Jobs, Papa Francisco, Churchill e Outras Lendas da Liderança, editado pela Alta Books.

Luiz Fernando Santoro pb.jpg

LUIS FERNANDO SANTORO

Luiz Fernando Santoro É professor do Departamento de Jornalismo e Editoração da ECA-USP, diretor e produtor de programas de TV e vídeo. Atua no campo da Comunicação, nas áreas de televisão, vídeo, rádio, realização de documentários, comunicação comunitária, convergência tecnológica e políticas públicas.

MHF%20pb_edited.jpg

MAURICIO HIRATA

Graduado em Cinema e Vídeo e Mestre em Comunicação e Estudos de Mídia pela Universidade de São Paulo, tem larga experiência na formulação, implantação e coordenação de políticas públicas para o setor audiovisual, bem como conhecimento aprofundado dos modelos de negócio e organização deste setor.

Ao longo de 20 anos trabalhando no setor, ocupou posições de liderança em empresas e órgãos públicos como TV Cultura de São Paulo, Ministério da Cultura e ANCINE, dentre as quais destacam-se: a Coordenação do Programa de Fomento a Produção e Teledifusão do Documentário Brasileiro - DOCTV, a Coordenação de Televisão e Novas Mídias da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, bem como a Superintendência de Registro e a Secretaria Executiva da Agência Nacional do Cinema - ANCINE.

Rafael Peixoto PB.jpg

RAFAEL PEIXOTO

Rafael Peixoto tem 25 anos de carreira dedicados à cultura e à publicidade. Realizou mais de 8 mil apresentações artísticas e ações de comunicação que atingiram mais de 2 milhões de pessoas diretamente e mais de 30 milhões nas redes sociais. Escreveu e dirigiu conteúdo de marca para SEBRAE, Petrobras, AMBEV e Fundação Alphaville. Desde 2016 dedica-se exclusivamente ao roteiro e à produção audiovisual. Como roteirista, acumula prêmios internacionais e tem quatro séries vendidas para grandes produtoras. Escreveu os longa-metragens “Crusoé da Amazônia”, “O Inferno de Cada Um”, “Jardim dos Girassóis” e “Os Lúminas e o Mistério das Nove Gargantas”, todos em pré-produção. É produtor associado do longa- metragem “Anastácia", uma co-produção Brasil x EUA com grande elenco internacional, em desenvolvimento e com estreia prevista para 2022.

fundo professores.jpg

GILSON SCHWARTZ

Gilson Schwartz é professor do Departamento de Cinema, Rádio e TV da Escola de Comunicações e Artes da USP, onde criou e é responsável pelas disciplinas “Economia da Informação e Novas Mídias” (pós-graduação), e “Economia do Audiovisual Internacional”. Criou em 1999, após seleção em concurso público no Instituto de Estudos Avançados da USP, o grupo de pesquisa “Cidade do Conhecimento” (www.cidade.usp.br). É Diretor para América Latina da rede internacional “Games for Change” (www.gamesforchange.org.br).

fundo professores.jpg

LEANDRO VIEIRA MACIEL

Leandro Vieira Maciel é formado pela Universidade de São Paulo, Mestre em Narrativa Audiovisual, possui 11 anos de experiência no ensino superior, lecionando nos cursos Cinema e Audiovisual. Foi coordenador de formação no CAV (Centro de Audiovisual de São Bernardo do Campo).  Também foi supervisor criativo da Coala Filmes, acompanhando roteiro e montagem de uma série, de dois longas em animação e do game "As Aventuras de Gildo" e atualmente escrevendo o roteiro do longa-metragem Bob Cuspe. 

Entre diversos prêmios, venceu o concurso “Cidade dos Homens” (O2 Filmes/ Rede Globo), atuando como colaborador da série em 2004. Posteriormente colaborou na série policial “9mm: São Paulo” 

fundo professores.jpg

MARIA CRISTINA PERES VILAS

Maria Cristina Perez Vilas é pedagoga e mestre em Linguagem e Educação (USP), há 20 anos trabalha com formação de professores nas áreas de Leitura, Literatura Infantil e Produção Cultural para a Infância. Nos últimos 10 anos, tem se dedicado ao Ateliê de Escrita, onde orienta projetos, artigos acadêmicos e textos técnicos e/ou ficcionais e é consultora pedagógica para projetos de obras seriadas (séries de animação) para produtoras de cinema

QUERO ASSINAR A NEWSLETTER

SIGA A FICs NAS REDES SOCIAIS

  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn

TELEFONE / WHATSAPP

011 98981 0792

© 2020 Fábrica de Idéias Cinemáticas | Todos os direitos reservados   -    Criação: Ráipe Criativo